Com o Serra Freire lotado, Remo vence o Grêmio e conquista o tetra no Basquete

Por Fábio Will - Assessoria de Comunicação

Basquete em 12/12/2017 Compartilhar

Após o apito final os atletas foram comemorar com o Fenômeno Azul a conquista do tetracampeonato.
Foto: Fábio Will – Ascom Clube do Remo

O tetra é nosso! O Leão enfrentou o Grêmio Literário Português nesta segunda-feira (11), no Ginásio Serra Freire. A partida era a terceira e decisiva do playoff da final do Parazão de basquete adulto. Em um jogo de cheio de emoções até o final, o Remo derrotou o Grêmio por 51 a 48 e conquistou o tetracampeonato paraense de basquete adulto.

Com o Ginásio Serra Freire lotado, Remo e Grêmio fizeram um jogo equilibrado, duro e bastante disputado. A partida valia o título inédito para o Grêmio e para o Remo a conquista seria o tetra. O primeiro quarto de jogo terminou empatado em 10 a 10. No segundo quarto o equilíbrio continuou imperando na partida, tanto que as duas equipes alternavam-se na liderança do marcador. No final o Remo terminou o segundo quarto à frente por apenas um ponto. Remo 25 a 24 Grêmio.

Na volta do intervalo, após conversa com o técnico Breno Pinheiro, o Remo voltou mais ligado e conseguiu abrir uma certa vantagem, porém a equipe do Grêmio soube aproveitar as bolas de três pontos e conseguiu encostar no placar após o término do terceiro quarto. Remo 38 a 37 Grêmio.

Para o último quarto o Remo retornou mais cauteloso, arriscando nas boas e mantendo a equipe em tranquila. Valeu a estratégia montada do técnico remista, Breno Pinheiro, que priorizou a equipe que entrou em quadra e conseguiu abrir uma ligeira vantagem no marcador. A equipe do Grêmio ainda tentou o arremesso de três pontos, mas deu Leão por 51 a 48. Festa grande do torcedor azulino, que incentivou o time até o fim.

Para o treinador Breno Pinheiro o dever foi árduo, complicado, mas foi concluído com sucesso. “Missão cumprida. Chegamos com uma responsabilidade do tamanho do Remo de defender o tricampeonato e ser tetra em um campeonato equilibrado, com apenas três atletas de fora. Eu falei isso no começo, que seria determinante os jogadores paraenses . E os que jogaram comigo foram homens acima de qualquer coisa, que deram seu melhor fisicamente, taticamente e tecnicamente”, disse Breno.

O treinador deixou um recado para o torcedor azulino, que foi espetacular durante todo o Campeonato Paraense de Basquete adulto e nenhum momento deixou de apoiar o Leão Azul. “Eu já joguei Vasco x Flamengo, já joguei Goiás e Vila Nova, mas torcida igual essa que empurra desde o começo não tem. Desde começo incentivando e é um orgulho danado defender o Remo e essa torcida”, concluiu.

Com o título conquistado nesta noite o Remo chegou ao tetracampeonato do Parazão de Basquete do Pará (2014, 2015, 2016 e 2017).

Fotos: Fábio Will – Ascom Clube do Remo



Voltar Imprimir

ÚLTIMAS

      NOTÍCIAS

Natação

Natação Campeã busca mais um título no Paraense máster de piscina curta

Futebol Profissional

“Estamos mais unidos do que nunca", diz meia Rodriguinho

Futebol Amador

Remo enfrenta o Paysandu nas quartas de final do Parazão Sub-17