Prontito e Mônica Rezende conquistam Troféu Romulo Maiorana

Por Samara Miranda - Assessoria de Comunicação

Esportes Olímpicos em 25/06/2021 Compartilhar

Dois grandes nomes do Clube do Remo conquistaram o Troféu Romulo Maiorana 2021. Este ano a votação foi diferente e concorreram apenas ex-atletas que tiveram destaque em suas categorias.

Pelo Leão, quem garantiu o troféu na categoria Remo, foi João Ribeiro de Jesus, mais conhecido como Prontito, um dos maiores remadores da história azulina. 

No currículo o remista acumula títulos e medalhas como campeão invicto em 10 provas – 10 primeiros lugares, campeão brasileiro pela seleção paraense, 1972, 15 anos invicto no single – skiff, tricampeão da Copa Norte de Remo (72,73 e 74), 1º lugar no single-skiff no Campeonato Brasileiro Master 2000, 13 primeiros lugares no Campeonato Paraense de 2000 a 2013, 13 primeiros lugares no Campeonato Brasileiro Master 2007 a 2014, heptacampeão Sulamericano de Remo Master 2011 a 2015, 2ª lugar no Mundial de Remo na Itália em 2013, hexacampeão Sulamericano de Remo Master.

No período de 1971 a 2015 são 11 primeiros lugares pelo Leão, sem contar os primeiros lugares master, de 2016 a 2019.

O atleta azulino chegou ao Remo com 19 anos de idade, hoje com 75, ainda segue competindo com a equipe remista até os dias atuais. "Eu agradeço a indicação pelo troféu e isso é muito gratificante. Este ano fiz 52 anos remando e é isso que faço desde o início da minha vida. Participei de várias competições nacionais e internacionais, e só pelo Leão tenho 24 títulos. Estou muito feliz principalmente em representar esse clube" disse."

Já na categoria Desportos Aquáticos, a ex-atleta de natação azulina, Mônica Rezende, garantiu o prêmio. 

A eterna rainha das piscinas, como é chamada, representou o Remo por 14 anos com muita dedicação e vitória. Mônica é campeã e recordista Norte-Nordeste e Paraense. "Uma honra muito grande em estar recebendo esse troféu. Em 1998 participei como madrinha dos Desportos Aquáticos. Esse ano com essa edição especial justamente está reconhecendo o mérito de atletas mais velhos. Estou muito honrada com esse prêmio," contou.

Mônica foi campeã em todas as categorias, entre 1980 e 1988, no Parazão. Conquistou o Norte-Nordeste de natação em todas as categorias no mesmo período. Campeonatos brasileiros, então, vieram entre 1980 e 1992. 

Integrou a Seleção Brasileira de Natação que participou dos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul, Coreia do Sul - Obteve o Recorde Olímpico dos 50m Livre. Campeã e recordista absoluta Sul-americana (1983, 1985, 1986, 1988, 1989, 1990, 1991 e 1992).

Fotos: Ivam Henriques



Voltar Imprimir

ÚLTIMAS

      NOTÍCIAS

Serviço de Jogo

Serviço de Jogo - Remo x Confiança

Futsal

Futsal adulto conquista título do Parazão Polo Metropolitano

Serviço de Jogo

Serviço de Jogo - Remo x Manaus